Propósito de vida x Resultados

May 24, 2018

A sede por resultados muitas vezes nos cega de algo muito valioso, o PROPÓSITO. Que muitas vezes, é tido como um tema para “a galera que abraça árvore”. Não é preciso deixar de lado as metas, desempenho e resultados para incluirmos propósito no que fazemos.

 

Mas o que é um trabalho significativo e com propósito? Algumas gerações anteriores, apenas operacionalizavam o trabalho com longas jornadas e não haviam questões de vida pessoal ou o impacto em que o seu trabalho estaria gerando ao mundo.

 

O segredo desta satisfação, está em mesclar vários pontos como: família, hobbies, espiritualidade, lazer, reconhecimento, dinheiro e amigos. Mas em que escola se aprende a conscientizar tudo isso? Sendo que a nossa educação é da época da revolução industrial, que escolarizava para substituir “peças” de suas fábricas.

 

Precisamos começar uma busca solitária e autodidata para entender quais são as peças chave do quebra cabeça motivacional dentro e fora do trabalho.

 

Estamos imersos a um complexo excesso de estímulos, ter um propósito claro, pode facilitar para entender o que fazemos e por que fazemos. Não há caminho certo ou errado, mas sem dúvidas o autoconhecimento é primeiro passo, para saber do fundo do coração qual o propósito individual.

 

Uma pesquisa com 474 executivos mostra que 90% deles reconhece a importância de ter objetivos e motivações bem definidas para inspirar e gerar resultados. “Tratam o propósito como um fator central da estratégia e da tomada de decisões relataram maior capacidade de impulsionar a inovação bem-sucedida e a mudança transformacional”, mas menos de 20% deles, saberia colocar seu propósito numa frase.

 

Segundo uma pesquisa da Universidade de Cornell, ter um propósito não é um artigo de luxo restrito a um grupo especial de pessoas, independentemente do grau de escolaridade, é uma habilidade emocional que pode ser despertada e potencializada, para as pessoas se manterem à frente da curva.

 

Seu propósito ainda não está claro? Fique tranquilo, comece pensando em “quais temas você gosta de falar fora do seu horário de trabalho” ou “se o dinheiro não existisse o que você estaria fazendo hoje”? O segredo está no PLAY, no começar a se conhecer e priorizar o que faz sentido para você.

 

Se você já está alinhado com seu propósito, divida sua história com a gente. Vamos amar ouvir.

 

House of Feelings

A primeira escola de SENTIMENTOS do mundo

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O preço que você está pagando por suas escolhas está valendo a pena?

June 24, 2019

1/2
Please reload

Posts Recentes